Saúde Oral

3 Mai, 2022

Saúde Oral em Saúde Escolar do ACES Médio Tejo

Estratégias de intervenção nas crianças escolarizadas

Segundo o III Estudo Nacional de Prevalência das Doenças Orais, realizado em 2013/2014 pela DGS, aos 6, 12 e 18 anos a percentagem de crianças e jovens sem experiência cárie dentária era apenas de 55%, 53% e 32%, respetivamente.  

 

No ano letivo 21/22, dando continuidade às estratégias que têm vindo a ser desenvolvidas com o objetivo de melhorar o estado de saúde oral da população, informamos que, no âmbito da referenciação em saúde oral das crianças e jovens das escolas públicas, IPSS e privadas

. Todos os alunos nascidos em 2014, 2011 e 2008 recebem um cheque dentista ou um documento de referenciação para a higienista oral, através das respetivas escolas

Os jovens de 16 (nascidos em 2006) e 18 anos (nascidos em 2004) que completaram o programa de saúde oral anterior, recebem cheque dentista através das respetivas escolas; 

MAIS SE INFORMA QUE OS TRATAMENTOS DENTÁRIOS ABRANGIDOS PELO PROGRAMA SÃO SEMPRE GRATUITOS E TÊM VALIDADE ATÉ 31/10/2022.